Seu carrinho 0

Você Não Selecionou
Nenhum Item

Botão de comando

filtros

Produtos encontrados: 653 Resultado da Pesquisa por: em 5 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Produtos encontrados: 653 Resultado da Pesquisa por: em 5 ms

Itens por página:

Produtos selecionados para comparar: 0Comparar

Botão de comando 

Super necessários na hora de acionar, comandar funções e/ou até mesmo fazer a seleção de alguma ação, o botão de comando é parte essencial de um equipamento elétrico.  O botão de comando trabalha com o intuito de estabelecer ou até mesmo fazer a interrupção da passagem elétrica do comando de um determinado circuito elétrico.  Este acionamento realizado pelo botão pode acontecer no local de forma manual ou até mesmo em longa distância. Vamos entender um pouco mais a partir de agora sobre o universo do botão de comando

A estrutura de um botão de comando 

Hoje, no mercado existe uma lista extensa de variedades e tipos de botões de comando. De maneira geral, apresentam as mesmas características quanto à sua estrutura.  São formados pelo cabeçote, que é um elemento frontal e este está associado ao bloco de contatos.  O princípio de montagem mais comum utilizado nesses botões é o tipo de montagem modular. E o que isto significa? A montagem modular é a capacidade de adaptação de diversos blocos diretamente com a parte do cabeçote, tendo como denominação blocos de contato intercambiáveis.  Seus diâmetros são entre 10mm a 30mm a depender da forma em que o cabeçote for aplicado. 

A função de um cabeçote na prática 

Como vimos acima, é um elemento frontal de acionamento de contatos, podendo ser denominado de cabeçote, atuador ou elemento frontal.  É através deste cabeçote que é possível o ligamento ou deleitamento de uma máquina, ou circuito elétrico. 

Modelos de botões de comando

Cada botão de comando é utilizado para uma situação diferente, vamos compreender mais a respeito deles. 
  • Botão com chave 

Atua como um botão de emergência, onde se faz necessária uma espécie de chave para destravar o sistema, fazendo com que os blocos de contato voltem para a posição inicial. 
  • Botão de emergência

Em casos de anormalidade ou de manutenção, onde o desligamento do sistema é necessário, este botão é usado. Ele possui uma trava de retenção que vai atuar por pressão.  Para que volte à sua posição inicial é necessário destravar o botão girando o mesmo - isto é o que o torna seguro, justamente por não correr riscos de acionamentos não desejados. 
  • Botão liga e desliga conjugado 

Já estes botões têm em sua ligação o contato de selo que mantém o circuito ativo. Com os acionamentos divididos: de um lado apresenta um botão de ligar, geralmente na cor verde, e do outro lado possui um botão desliga, normalmente na cor vermelha. 
  • Botão de retenção ou pulsador 

É bastante utilizado para enviar um pulso em forma de comando para uma máquina. Este modelo é considerado muito seguro em situações de decorrências da ausência de energia elétrica.  Nesses casos, o contato de selo do circuito é desligado e somente acionando o botão novamente que será possível a religação do sistema. 
  • Botão com retenção 

Não tem o tempo de retorno para a posição inicial quando acionados, para que isto aconteça é necessário pressionar novamente.  Em casos de restabelecimento de energia elétrica ele retorna sua atividade normal automaticamente e isto é considerado como uma desvantagem deste botão.  Montar algum desses botões não é difícil desde que haja a orientação correta das normas. Conhecimento e informação à respeito de boas práticas de instalações elétricas são sempre bem-vindas. Por fim, sabemos agora da importância de um botão de comando dentro de um circuito elétrico e quais são as suas formas de atuação levando em consideração cada tipo de botão que conhecemos aqui!